Pessoas pendulares.

Tenho conhecidos que chamam minha atenção por um tipo de comportamento que apelidei de “pendular”. A psicologia deve ter um termo técnico adequado para isso, mas não sou psicólogo, nem tenho essa pretensão. Meu propósito aqui é apenas relatar experiências, ousar fazer algumas especulações e apresentar uma espécie de crônica sobre o mundo em que vivo.

Péndulo

Esses conhecidos mudam de opinião como quem troca de cueca. Sim, são todos homens. Não tenho amigas com esse tipo de postura. Suponho que haja mulheres assim também, mas não pertencem a meu círculo. Fato é que eles expressam convicção sobre algo hoje para, amanhã, demonstrar posição contrária (ou muito diferente).

Essa instabilidade me intriga, quando não me irrita. Claro que todo mundo muda de opinião ao longo da vida. Isso me parece saudável. Até mesmo uma conversa franca com uma pessoa esclarecida pode fazer alguém alterar seu posicionamento sobre determinado assunto em um dia. Também vejo isso com bons olhos. O que me incomoda é a postura camaleônica de alguns diante de fatos sérios, situações que fazem toda a diferença e que dependem de um mínimo (quando não do máximo) de estabilidade.

Pendulo

Um amigo está apaixonado pela namorada hoje. Uma semana depois, manda a garota para o inferno. Dias depois, busca reconciliação. Ora, ora, ora!!! O que é isso? Brincar de iô-iô com os sentimentos da outra? Alguém vai gritar comigo agora: “Ele faz isso porque ela deixa!”. Ah, então está bem! Passou a ser ético brincar com os sentimentos dos outros.

O fato de eu sair com uma mochila exposta na rua não faz do bandido que me furta um reles oportunista. Ele continua sendo um ladrão, que merece punição pelo que fez. O fato de uma pessoa estar apaixonada e demonstrar isso para quem ela acha que pode confiar não dá o direito ao outro, alvo de sua paixão, de abusar da fragilidade emocional dela.

Outro amigo vive de muro em muro. Hoje, é heterossexual convicto. Amanhã, é bissexual. Depois de amanhã, está convencido de ser homossexual. Tenha a santa paciência! O que é que é isso, companheiro?! Respeito o direito das pessoas de seguir sua orientação sexual, seja qual for (ou quais forem). Só que, ao se envolver com garotas ou garotos, ele passa a compartilhar sua indefinição. Pobre de quem entra inadvertidamente nessa montanha-russa! De novo, sente-se um brinquedo nas mãos de quem gosta.

Egoismo

Sinceramente, não estou defendendo aqui que as pessoas vivam congeladas ou em uma camisa-de-força comportamental. Nada disso! Até porque tenho minha cota de instabilidade, como todo mundo. O ponto, para mim, é o outro. A partir do momento em que uma pessoa entra em sua vida, tudo muda. Você não é mais 100% livre. Precisa fazer concessões. Pode-se até discutir, caso a caso, o grau e a proporção dessas concessões, mas me parece inevitável haver flexibilidade — em qualquer relacionamento, do tipo que for.

As pessoas pendulares que conheço — e dei apenas dois exemplos aqui, embora pudesse mencionar outros — costumam ser também egoístas. Curiosa “coincidência”, não? Os egoístas estão pouco se lixando para o que os outros sentem. Eles vêm sempre em primeiro lugar. Portanto, se eles levam a vida no sobe-e-desce, no vaivém, no de-lá-para-cá, quem convive com eles que dê um jeito de se adaptar. Para a sorte deles, há sempre alguém disposto ao sacrifício.

Egoista2

Indagados sobre esse comportamento (sim, tive a cara-de-pau de questionar alguns), os pendulares têm respostas diferentes: alguns demonstram ser inconscientes dessa atitude; outros reconhecem ser assim, porém lamentam a própria incapacidade de ser diferentes; e há ainda aqueles que admitem, na maior tranqüilidade, achar a vida mais divertida dessa maneira. Nenhum se senta no divã de um analista.

É… Quem disse que o mundo é justo?

Anúncios
Esse post foi publicado em Comportamento e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.